Vamos de trem! 🚉 | Vitta Vivace

Vamos de trem! 🚉

mariafumaca-campinas

Nesse tempinho gelado, nada mais gostoso que curtir a paisagem campestre em um passeio de trem pelas cidades próximas a São Paulo. E o mais legal é que dá para ir e voltar no mesmo dia, para quem não quiser gastar com hospedagem.

Além da agradável vista das serras, montanhas e ambientes rústicos, dá para conhecer muito da cultura e história dos locais visitados, como por exemplo, a cidade de Paranapiacaba, localizada no distrito de Santo André, que abrigou imigrantes ingleses, em 1867, que vieram ao Brasil para construir a ferrovia paulista. Por isso, a região tem uma arquitetura diferenciada, construída pelos britânicos.

 

Nos trilhos 🚂 🌳

 

Expresso Turístico

Partindo da estação da Luz, o Expresso Turístico é uma locomotiva de 50 anos que oferece três opções de roteiros – Jundiaí, Mogi das Cruzes e Paranapiacaba, que se alternam nos fins de semana. É possível conhecer cada cidade em um dia, saindo de manhã e chegando no fim da tarde. É só se ligar na programação da estação. 😉

Em Jundiaí, dá para curtir a natureza e locais históricos. O lugar mais famoso é o Jardim Botânico, ideal para quem precisa descansar. Quem optar pelo passeio ao Museu da Companhia Paulista, vai conhecer um pouco da história de São Paulo na época da criação da linha ferroviária e das locomotivas.

Mogi é conhecida pela produção de orquídeas, suas trilhas, paisagens bonitas e, principalmente, pelo Pico do Urubu. A cidade atrai todos os públicos, aqueles que gostam de esportes radicais, de fazer caminhada nas trilhas da Serra do Japi, passando pelas montanhas, ou apenas quem vai para ver o lindo pôr do sol no local. Também tem a opção de visitar as feirinhas de artesanato e conhecer o Circuito das Frutas. No percurso, é possível ver as estações em estilo inglês, como Perus, Caieiras e Jaraguá.

Já em Paranapiacaba, dá para fazer trilhas, conhecer cachoeiras, participar dos eventos locais, comer uma comida caseira, além de apreciar a linda arquitetura inglesa da cidade. Durante o trajeto de São Paulo até a região, cerca de uma hora e meia, os turistas conseguem admirar paisagens lindas e estações tombadas. Todos os anos, em julho, tem o Festival de Inverno de Paranapiacaba que oferece shows de MPB, rock, música clássica e atrações internacionais.

 

Maria Fumaça (foto)

O trem Maria Fumaça sai de Campinas com destino a Jaguariúna, tem duração de três horas com duas paradas. Na primeira parada, na estação Tanquinhos, os turistas conhecem como funcionam os trens a vapor, como o Maria Fumaça. E em Jaguariúna, os viajantes fazem uma visita ao museu que mostra vários tipos de roupas de época.

Com o Maria Fumaça, também é possível ir até Guararema, que fica aproximadamente a uma hora de São Paulo. O destaque está na própria estação de trem de Guararema, que dispõe de um outro passeio de trem à vapor pela cidade.

 

Os trens da Serra da Mantiqueira

O Trem do Mirante, que vai de Campos do Jordão até Santo Antônio do Pinhal, e o Trem de Serra, que vai de Pindamonhangaba a Campos, estão desativados há um tempinho e não tem previsão de retorno. A torcida para que voltem logo é grande, porque a vista pela região é linda e o passeio pelo Vale do Paraíba é muito agradável.

Enquanto esses trens da Serra da Mantiqueira não voltam à ativa, os turistas podem curtir o Bonde Turístico, que atravessa a cidade de Campos do Jordão em 25 minutos, indo do centro na praça Capivari até Abernéssia, o bairro mais tradicional da cidade. É um trajeto curto, mas bem divertido.

 

Crédito da foto (Trem Maria Fumaça): Isack Ryuji Minowa/Wikimedia Commons/Site Guia Viajar Melhor.

 

Comments are closed.