Os palcos dos craques da bola ⚽ | Vitta Vivace

Os palcos dos craques da bola ⚽

corinthians

Que futebol é paixão nacional, todo mundo sabe, mas conhecer a história dos principais palcos futebolísticos da cidade, que revelam estrelas e abrigam os clássicos jogos de diversos campeonatos, torna o esporte ainda mais interessante. Por isso, o Vitta preparou um especial sobre os estádios mais famosos da cidade.

Os vovôs

Eles foram os primeiros fundados na cidade, responsáveis por calorosos espetáculos da bola. Ainda estão em forma para receber famílias e amigos, que se reúnem para ver seus times do coração.

 

Canindé

A casa do time da Portuguesa é o Estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte, popularmente chamado de Canindé, nome do bairro em que está localizado, na Zona Norte de São Paulo.

Inaugurado em 1972, o estádio pertence à Associação Portuguesa de Desportos e tem capacidade para receber mais de 20 mil pessoas. Ainda que seu estado de conservação esteja um pouco precário, ainda dá para assistir aos jogos do time por lá. É frequentado em sua maioria pela colônia portuguesa paulistana.

Onde fica: R. Comendador Nestor Pereira, 33 – Canindé.

Fonte: site da Associação Portuguesa de Desportos.

 

Juventus

O Estádio do Juventus, também conhecido como Estádio da Javari, foi fundado em 26 de abril de 1925 com o nome de Conde Rodolfo Crespi. Quatro anos depois, em 10 de novembro de 1929, em comemoração à inauguração do gramado reformado, foi realizado um jogo entre Juventus (1) e Roma (2). Em 1967, ele foi adquirido pela família italiana Crespi pelo Clube Atlético Juventus. Em 1941, o espaço foi reinaugurado devido à construção das arquibancadas de concreto e tribunas. Desde então, passou por inúmeras reformas para oferecer melhor infraestrutura para jogadores, torcedores e visitantes. O espaço é frequentado, principalmente, pelos moradores da região da Mooca, em sua maioria de descendência italiana, que se deliciam comendo cannoli, típico doce italiano, durante e depois das partidas.

Atualmente, o estádio tem capacidade para receber quatro mil pessoas.

Onde fica: Rua Javari, 117, na Mooca.

Fonte e crédito da foto (abaixo): site Juventus – estádio.

 

juventus-site-juventus

 

 

 

 

 

 

 

 

Morumbi

Cícero Pompeu de Toledo é o nome oficial do tão conhecido Estádio do Morumbi. Considerado patrimônio histórico pelo governo de São Paulo, é ponto turístico da cidade.

O Morumbi foi inaugurado em 1970, depois de uma construção que durou 18 anos, projetada pelo arquiteto Vilanova Artigas, no início de 1952.

Por ter capacidade para abrigar mais de 67 mil pessoas, é o local escolhido para receber grandes shows internacionais, como de Paul McCartney, Queen, U2, Madonna, Michael Jackson, AC/DC, entre outros.

A casa do São Paulo Futebol Clube possui um complexo de bares e lojas chamado Morumbi Concept Hall, com camarotes, restaurante japonês, lanchonete, clínica de fisioterapia, academia e até um estúdio profissional de música. É um espaço e tanto. 😉

Onde fica: Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1, Morumbi.

Fonte: sites Morumbi Tour e São Paulo FC.

Crédito da foto (abaixo): Rubens Chiri/saopaulofc.net – site Morumbi Tour.

 

morumbi

 

 

 

 

Pacaembu

O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, famoso Pacaembu, é o único que pertence ao munícipio de São Paulo e atende a todos os clubes. Está localizado na Praça Charles Miller, no bairro Pacaembu, região central da cidade.

Inaugurado na década de 40, tem capacidade para receber 70 mil visitantes. Na época em que foi construído, o estádio foi eleito o mais moderno da América do Sul.

O espaço disponibiliza o Complexo Esportivo do Pacaembu com piscinas, ginásios, quadras, sala de ginástica, entre outras atividades. É aberto ao público de forma gratuita. No mesmo espaço, tem ainda o Museu do Futebol, que fica embaixo das arquibancadas do estádio e fica aberto quando não tem jogos.

Por muitos anos, foi a casa do Corinthians, quando o time ainda não tinha o seu próprio estádio, a Arena Corinthians.

Onde fica: Praça Charles Miller, s/n; Pacaembu.

Fonte: site da prefeitura de São Paulo.

 

 

Os jovenzinhos

Mais modernos e descolados, eles se dividem entre os shows de bola e músicos internacionais. Não importa de que forma, mas são sempre palcos de grandes espetáculos.

 

Allianz Parque

O Allianz Parque é uma mistura de inovação com a tradição do futebol brasileiro. Ele foi inaugurado em 2014, após um acordo assinado entre o Palmeiras, seu clube proprietário, e a construtora WTorre, em que a proposta era criar a mais moderna arena multiuso esportiva.

Mas a sua origem vem do século passado. O local, antes intitulado de Parque Antártica, surgiu em 1891 como uma área de lazer para os paulistanos e, em seguida, espaço para partidas oficiais de futebol. Em 1920, o clube Palestra Itália, hoje Palmeiras, compra o Parque Antártica, que por muitos anos é palco de grandes competições nacionais até se tornar o robusto Allianz.

Onde fica: Av. Francisco Matarazzo, 1.705, Água Branca.

Fonte e crédito da foto (abaixo): site do Allianz Parque.

 

 Allianz-Parque

 

 

 

 

 

 

Arena Corinthians

O mais desejado de todos os tempos, o Itaquerão, assim chamado pelos fiéis torcedores do Corinthians, foi inaugurado no dia 10 de maio de 2014. A estreia da Arena Corinthians – A casa do povo, que fica no bairro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, contou com espetáculo inédito, um jogo entre os mais de 100 ex-jogadores do time.

A arena foi sede da abertura da Copa do Mundo em 2014, abrigou os jogos olímpicos Rio 2016 e as partidas da Copa América em 2019.

Não só de espetáculos do futebol vive a arena. O estádio também recebe shows de artistas famosos, eventos particulares, como aniversários e casamentos, e é considerado um ponto turístico da cidade.

Onde fica: Av. Miguel Ignácio Curi, 111, Itaquera.

Fonte: site Arena Corinthians.

 

 

Malha viária do futebol 🚇

É possível conhecer todos os estádios de São Paulo utilizando apenas o metrô. É um passeio bem legal para fazer com a família e os amigos, e nós vamos te ajudar nessa aventura! 🤸‍♂️

Começando pela Zona Leste, ao sair do Itaquerão, pegue a estação final da linha vermelha Corinthians-Itaquera e siga até a estação Bresser, na Mooca, também ZL. De lá, você caminha uns dez minutos até o Estádio do Juventus, é bem pertinho.

Da estação Bresser até a estação Barra Funda, também linha vermelha, você chega ao Estádio do Allianz Parque, na Água Branca.

E bem ali ao lado, sentido Zona Norte, você vai descer no metrô Tietê, linha azul, para chegar ao estádio do Canindé.

Para chegar ao Pacaembu, existem duas opções. Uma delas é pegar a linha verde – aquela que vai da Vila Prudente a Vila Madalena, e descer na estação Clínicas, saída do Cemitério do Araçá. Do metrô ao estádio, é uma caminhada de pouco mais de um quilômetro. A outra alternativa é descer na estação Paulista, linha amarela. A distância é a mesma entre as duas estações e o estádio.

Partindo para a zona Sul, sentido Estádio do Morumbi, é preciso pegar a linha amarela do metrô e descer na estação Pátio Vila Sônia, que está a quase três quilômetros da casa dos são-paulinos.

 

Crédito foto de abertura (Arena Corinthians): Bruno Teixeira/site Arena Corinthians.

 

Comments are closed.